Marepe

Santo Antônio de Jesus, BA, 1970


Utilizando-se de objetos do cotidiano, como caixas de papelão, latas de cerveja e trouxas de roupa, Marepe produz esculturas que fazem referência a cultura e ao dia-a-dia do nordeste brasileiro, principalmente da Bahia, estado onde nasceu. As instalações, pinturas, intervenções e desenhos de Marepe se utilizam muito de abordagens da infância e da família na região onde cresceu, fazendo com que o público tenha um contato mais direto com a cultura nordestina.


Várias das suas obras incluem o público no seu funcionamento, e muitas têm um aspecto móvel, dizendo respeito à instabilidade da vida de muitos nordestinos hoje e na história.

Cabeça acústica

Cabeça acústica

Alumínio

80 x 60 x 69 cm

1996